Lendo:
Fratura de rádio distal: como tratar a lesão no punho?

Image

Fratura de rádio distal: como tratar a lesão no punho?

junho 23, 2022

Quem nunca sofreu uma fratura no punho, certamente conhece alguém que já passou por este momento doloroso. Basta uma queda de mal jeito sobre o cotovelo, mão ou punho para fraturar a região.

A fratura de rádio distal, como é chamada a lesão que sofremos quando machucamos o punho de forma traumática, é uma das mais comuns entre os pacientes que procuram a Fix it. Segundo dados do nosso Fix it Data Lab, mais de 12% dos casos tratados pelos nossos profissionais de saúde licenciados são de rádio distal.

Para saber mais sobre fraturas rádio distais e seu respectivo tratamento separamos algumas das principais perguntas feitas em nossas unidades. Confira abaixo!

Quais as causas e sintomas da fratura de rádio distal?

Se engana quem pensa que a fratura de rádio distal só ocorre em pessoas mais velhas. Apesar de ser mais comum e nocivo nesta idade, os jovens também podem sofrer a fratura, normalmente, quando estão realizando exercícios esportivos e/ou automobilísticos.

Em idosos, o principal agravante é a lenta regeneração óssea, tornando o processo de recuperação ainda mais longo. Alguns casos podem ou não ser fáceis de tratar.

Os principais sintomas da fratura incluem dor intensa, inchaço, perda de força ou pressão, deformidade do local, rigidez, desgaste da cartilagem e, com frequência, incapacidade de movimentar a região lesionada.

Como tratar fratura de rádio distal?

Raio X - Fratura com Órtese Fix it (17 de Março)

Após fratura, em sua maioria dos casos, é necessário fazer imobilização para manter as partes quebradas no alinhamento natural e, consequentemente, para a formação do calo ósseo.

A imobilização pode ser realizada com vários tipos de talas. Na Fix it, sempre recomendamos as talas impressas em 3D, pois além de realizarem o tratamento da fratura de rádio, também garantem conforto e liberdade para o paciente continuar suas atividades normais enquanto se recupera.

Fratura de rádio distal: como tratar a lesão no punho? 3

As talas 3D são mais arejadas, por serem abertas, podem molhar, não provocam coceira, e se adequam ao estilo do paciente. Por isso, são as mais recomendadas por profissionais de saúde.

Clique aqui e saiba como oferecer Fix it para os seus pacientes, um tratamento com mais conforto e liberdade.

Quanto tempo demora para tratar a fratura do rádio?

Nas fraturas rádio distais nas quais não é necessária intervenção cirúrgica, o tempo de recuperação da estrutura óssea é, em média, dependendo da natureza da fratura, de 6 a 8 semanas.

Nesses casos, apenas com a imobilização (órtese 3D) a fratura consegue se consolidar (cicatrizar).

Fraturei o punho: onde começar meu tratamento?

O primeiro passo é procurar um médico para fazer o diagnóstico. Após o tratamento inicial, ele irá recomendar, na maioria dos casos, a imobilização da área lesionada.

Caso opte pela órtese 3D, você pode entrar em contato com um profissional ou clinica credenciada espalhadas por todo o Brasil para já solicitar a sua. Na Fix it, temos órteses padronizadas que já estão impressas, você não precisa esperar nada para iniciar seu tratamento.

Clique aqui e saiba onde encontrar um credenciado Fix it mais próximo.

Relacionados

Doença de Alzheimer 4
setembro 21, 2022

Doença de Alzheimer

Osteoporose 5
outubro 20, 2022

Osteoporose

novembro 13, 2019

AVC – Acidente Vascular Cerebral

Por
Arrow-up