Lendo:
O segredo do sucesso: como uma clínica em Manaus se tornou a que mais produz órteses em 3D no Brasil

Image

O segredo do sucesso: como uma clínica em Manaus se tornou a que mais produz órteses em 3D no Brasil

Por Fix it
julho 20, 2021


Quando decidiram apostar em uma startup que imprime órteses em 3D, algo inédito no Amazonas, os Doutores Bruno Vásquez e Leonildo Júnior não imaginavam o sucesso que fariam em apenas 5 meses após o início de suas atividades, em plena pandemia.

Eles adquiriram uma licença para produzir órteses da Fix it em janeiro, começaram sua operação em março e logo veio o boom. 

>> Saiba como adquirir uma licença Fix it 
>> Inscreva-se para o curso Fixiter de aplicação de órteses

Como funciona a clínica em Manaus?


Ambos Cirurgiões de Mão, se especializaram em São Paulo e voltaram a Manaus para disseminar o conhecimento adquirido. Conseguiram. Hoje, ambos são referência em cirurgia de mão no estado.

Apesar de possuírem apenas uma clínica no centro de Manaus, os Doutores também atendem em hospitais e sempre levam a “palavra” da Fix it consigo para onde vão. “O fato de sempre andarmos com as órteses e o livrinho das soluções nas nossas mesas chama a atenção dos pacientes”, diz Bruno. 

Atualmente, eles possuem duas impressoras, na qual imprimem órteses 3D para sua clínica e para parceiros. “Quando a demanda aumentar, iremos adquirir mais”, prevê Leonildo.

A Fix it conversou com os profissionais, que deram dicas para quem quer ter sucesso no trabalho com órteses impressas em 3D.

O segredo do sucesso: como crescer com uma unidade Fix it?


Tenha parceiros, de preferência hospitais

Já no início da operação, os doutores fizeram visitas a clínicas de fisioterapia e espaços de colegas. Hoje, já possuem mais de 15 parceiros, para quem fornecem órteses. Eles contam que a parceria com outros profissionais é importantíssima, pois ajuda a fazer a marca circular em locais estratégicos. 

“Um diferencial nosso é que atuamos em vários hospitais e sempre levamos nossas órteses. Acho que isso ajuda muito a divulgar a marca Fix it. Por mais que o paciente não precise no momento, a queixa dele seja outra, a gente sempre mostra, o paciente olha e se torna um multiplicador”, explica Bruno. 

Seja íntegro e conquiste a confiança de seu paciente

Vender órteses, para ambos, não é o que enche os olhos. Os doutores são incisivos em dizer que só recomendam uma órtese Fix it quando o caso pede, nunca pela venda em si. E recomendam veementemente que os colegas façam o mesmo.

“Muitos pacientes vêm atrás da gente querendo usar as órteses. O produto é muito bom, encanta, mas não indicamos quando o caso não pede. A integridade minha e do Léo, nesse sentido, conta muito para essa relação médico-paciente em relação a Fix it”, diz Bruno.

Construa autoridade ao redor de seu nome

No Amazonas, um tem 13 anos de cirurgia de mão, o outro, 4 anos. “Essa bagagem fortalece muito a marca em nossa clínica”, avaliam. 

 “A maioria dos nossos pacientes possuem patologias no membro superior e a maioria das soluções da Fix it são para o membro superior”, explica Bruno, “temos uma demanda de pacientes porque somos poucos no estado com essa especialidade e temos poder de decisão, somos nós quem indicamos o tratamento”. 

“O Léo realiza a eletroneuromiografia, que é um exame padrão ouro para o túnel do carpo. Então os pacientes que provavelmente precisarão de uma órtese Fix it são as mesmas pessoas que vêm fazer este exame com ele”, completa o Cirurgião. 

Tenha um Cirurgião de Mão por perto

É por isso que investir em networking e parcerias com Cirurgiões de Mão é indicado pelos Doutores, pois esses especialistas têm contato todos os dias com pacientes em potencial para as órteses Fix it. “Mesmo que você não seja um, invista em parceiros que sejam. E os oriente para sempre falarem sobre as órteses”, aconselha Bruno. 

A mesma lógica vale para cirurgiões especialistas em fraturas do tornozelo e dedão, pois também são áreas que possuem soluções Fix it. À medida que o portfólio da empresa aumenta, é importante buscar os profissionais responsáveis pelo diagnósticos das patologias relacionadas para ter como parceiros. 

Invista no marketing da sua clínica (não subestime o boca a boca)

O Instagram é uma porta enorme. Segundo os Doutores, é lá que se concentram os multiplicadores. Muitos pacientes, antigos pacientes e pessoas que nem precisam de uma órtese da Fix it os seguem por acharem a inovação interessante. Hoje eles contam com pouco mais de 1,4 mil seguidores em sua conta @imobiliza_3d. 

“Também investimos em Google. São nossas duas principais fontes de tráfego na internet”, explica Leonildo. Além disso, orientam, não subestime o marketing boca a boca, sempre fale sobre a marca, leve as órteses para onde for. “Uma órtese que tá do seu lado, o paciente olha, ele é curioso. Ao conhecer, ele vira um potencial multiplicador ou ele mesmo compra, agora ou depois, quando precise”, diz Bruno. 

Tenha sucesso com a Fix it você também

A Fix it quer disseminar a impressão 3D no mercado da ortopedia! Atualmente possuímos dois tipos de licenças para quem quer imprimir nossas órteses em sua própria clínica ou também oferecê-las para outros profissionais da sua cidade. 

Para ser um licenciado, basta acessar usefixit.com.br/seja-licenciado e preencher seus dados que nosso setor comercial irá entrar em contato com você. 

Mas se você é um profissional de saúde, quer aplicar nossas órteses em seus pacientes e não investir muito, pode se inscrever em nosso curso Fixiter. Ele te habilita a adquirir e aplicar as órteses impressas em 3D. 

Faça sua inscrição no curso Fixiter clicando aqui

Relacionados

maio 29, 2019

Tecnologia assistiva e a impressão 3D

Por
dezembro 11, 2019

Impressão 3D: a próxima fronteira da saúde

Por
Arrow-up